segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Um final de semana na histórica Cidade de Goiás, GO

Estivemos em Goiás em agosto desse ano, após uma rápida passagem por Goiânia, onde encontramos a querida Léia (http://www.cucchiaiopieno.com/) e mostrei as fotos AQUI.

O projeto idealizado pelo Marcelo de conhecermos algumas cidades brasileiras aproveitando as promoções de passagens aéreas nos finais de semana está sendo muito gratificante e empolgante!!!! Esse ano fomos à Curitiba, Brasília, São Paulo, Goiânia, Goiás, Cambará do Sul e Florianópolis. Temos passagens compradas pra Maceió, Aracaju e Recife até o fim de 2011 e mais quatro outros destinos nacionais já agendados pro ano que vem até março!!!!

No início, eu ficava meio reticente porque não estava acostumada com esse ritmo de viagens tão constantes e achava que poderia me enrolar com o trabalho. Toda novidade requer uma fase de adaptação, mas aconteceram tantas mudanças na minha vida nos últimos anos que hoje em dia me sinto mais preparada para lidar com desafios e sair da minha zona de conforto de forma menos estressante e mais relaxada.

Até meu medo de avião diminuiu de forma drástica para minha completa surpresa!!!! A não ser que haja turbulência forte, eu me sinto bem tranquila, durmo e até consigo desenhar durante os voos!!!! Essa mudança foi bastante significativa pra mim, já que uma das coisas que mais gosto de fazer na vida é viajar e o medo de voar não me permitia aproveitar os passeios em sua plenitude…

Na estrada para Goiás, vimos diversos ipês amarelos e eu precisei registrar pelo menos um deles, mesmo de longe, para lembrar do tom vibrante que me deixou encantada!!!!

Ao chegar na cidade, avistamos logo a praça principal e o coreto e, para minha surpresa, apesar de um encontro de motoqueiros que aconteceria mais tarde, a cidade estava aparentemente vazia e tranquila. Já estivemos em Tiradentes, Parati e Ouro Preto, outras cidades histórias que lembram Goiás, mas estas estão sempre lotadas de turistas praticamente o ano todo.

Panorama da rua principal da cidade, ligando a Praça do Coreto à Igreja do Rosário.

“Goiás (também conhecida como Cidade de Goiás ou Goiás Velho) é um município brasileiro do estado de Goiás. Sua população estimada em 2010 era de 24.727 habitantes de acordo com o IBGE. O município foi reconhecido em 2001 pela UNESCO como sendo Patrimônio Histórico e Cultural Mundial por sua arquitetura barroca peculiar, por suas tradições culturais seculares e pela natureza exuberante que a circunda.”*

*Fonte: Wikipedia

As ruas com calçamento pé-de-moleque são charmosíssimas e fazem a gente viajar no tempo. Aproveitamos a parte da manhã para conhecer todos os cantinhos da cidade, incluindo as lojinhas de artesanato e decoração, é claro!!!!

Fotografei as construções que mais chamaram a minha atenção, várias delas com a data de inauguração exposta na fachada.

Nesse recanto da cidade, presenciamos uma cena bem bucólica: dois casais de idosos estavam sentados na varanda de casa com todas as portas e janelas abertas, concentrados em ouvir o rádio de um fusquinha antigo que narrava o jogo de futebol de um time da segunda divisão. A cena era muito fofa e eles pareciam tão felizes!!!! É por isso que adoro cidades pequenas e aconchegantes, onde todos se conhecem e as pessoas levam uma vida mais tranquila, simples e sem pressa…

Sou fã do estilo colonial e segue aqui a descrição da Wikipedia sobre esse tipo de construção no Brasil:

“No Brasil, a Arquitetura colonial é definida como a arquitetura realizada no atual território brasileiro desde 1500, ano do descobrimento pelos portugueses, até a independência, em 1822.

Durante o período colonial, os colonizadores importaram as correntes estilísticas da Europa à colônia, adaptando-as às condições materiais e sócio-econômicas locais. Encontram-se no Brasil edifícios coloniais com traços arquitetônicos renascentistas, maneiristas, barrocos, rococós e neoclássicos, porém a transição entre os estilos se realizou de maneira progressiva ao longo dos séculos e a classificação dos períodos e estilos artistísticos do Brasil colonial é motivo de debate entre os especialistas.

A importância do legado arquitetônico e artístico colonial no Brasil é atestada pelos conjuntos e monumentos desta origem que foram declarados Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Estes são os centros históricos de Salvador, Ouro Preto, Olinda, Diamantina, São Luís do Maranhão, Goiás Velho, o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas do Campo e as ruínas das Missões Jesuíticas Guarani em São Miguel das Missões.”

Nós vimos poucas pessoas circulando pelas ruas, apesar de as pousadas e hoteis estarem lotados para o final de semana.

Chafariz de Calda, um dos principais monumentos históricos de Goiás

Adoro fotografar igrejas, principalmente o interior delas e essa aqui (Igreja de Nossa Senhora do Rosário) me chamou a atenção pela luminosidade e pelo piso com padronagem interessantíssima, como vocês podem ver a seguir.

Esse simpático pátio interno pertence à igreja e nele havia várias peças de cerâmica, bem como temperos típicos disponíveis para venda.

A igreja Santa Bárbara (foto abaixo) era bem pequenininha e estava fechada, mas pudemos observar um belo panorama da cidade após subir os 52 degraus que levavam até ela.

Em algum momento do dia, não exatamente na hora do almoço, paramos em uma lanchonete para degustarmos o famoso empadão goiano, que tem recheio de frango, linguiça, guariroba, queijo, azeitona, alho, cebola e pimenta, segundo a receita extraída do link http://www.altiplano.com.br/Empreceitas.html#Enge:

Ingredientes para a Massa

-4 xícaras de chá de farinha de trigo
-3 ovos
-½ xícara de chá de óleo
-sal a gosto
-1 colher de chá de fermento em pó
-2 colheres de sopa de banha

Ingredientes para o Recheio

-300 g de frango cozido e desfiado
-2 lingüiças cozidas cortadas em pedaços
-150 g de queijo Minas em cubos
-150 g de guariroba
-50 gramas de azeitonas
-1 dente de alho amassado
-1 cebola picada
-sal e pimenta a gosto
-250 ml de caldo de frango

Modo de Preparo

Para a massa: junte todos os ingredientes até formar uma massa homogênea e deixe descansar por 30 minutos, abra e forre uma assadeira. Os ingredientes do recheio devem ser refogados à parte. Para montar, coloque o recheio na assadeira já forrada com a massa, cubra com o restante da massa, e leve em forno pré aquecido 200, por 30 minutos.

O empadão estava gostoso, mas nesse mesmo dia à noite, experimentamos outra versão ainda mais saborosa e picante.

No final da tarde, um grupo de capoeira local se apresentou na praça do coreto e a festa durou a noite inteira.

Quando anoiteceu e os postes de luz se acenderam, voltamos à Pousada do Sol para tomarmos banho, trocarmos e de roupa e explorarmos a cidade à noite, incluindo o jantar.

Foi no restaurante DALÍ, que oferecia pratos típicos bastante saborosos, onde experimentamos nosso segundo empadão goiano para dividirmos como entrada.

O local é simples e acolhedor. Como temos o costume de jantar cedo por volta das 18:30-19 hs, éramos praticamente os únicos clientes da casa e todos os pratos vieram à mesa bem rápido.

O empadão estava molhadinho e apimentado… adoramos e recomendamos!!!!

O Marcelo pediu uma panelinha de arroz com frango, guariroba, queijo e vários temperos, outro prato típico da região.

Como eu não estava com muita fome, preferi comer algo mais “tradicional” e escolhi a lasanha com recheio de ricota e espinafre, coberta por muito parmesão!!!!

Outro lugar que adoraríamos ter conhecido melhor e que cheguei a fotografar porque o visitamos durante o dia foi o BODEGA FANTÁSTICA, um misto de bar, restaurante, café e loja de decoração, recomendado pela querida SHEROL VINHAS. Infelizmente ele estava fechado no domingo!!!!

Depois do jantar, fomos circular pela cidade e descobrimos que havia um show em homenagem ao Dia do Vizinho, data inventada pela poetisa Cora Coralina, que não por acaso, é comemorada no dia do seu aniversário.

A banda tocou MPB, bossa nova e chorinho… tudo o que eu mais gosto!!!! Minha vontade era chegar pertinho do palco e me acabar de dançar, mas o público estava tão contido que resolvi manter a discrição e ficar no meu cantinho. Adorei o repertório do grupo!!!!

No dia seguinte, pela manhã, continuei fotografando belas fachadas em direção à casa de Cora Coralina, maior atração da cidade.

20110821-020

Não era possível fotografar o interior da casa cheia de detalhes fofos e nada minimalistas (bem ao meu estilo!!!!), mas pudemos registrar algumas imagens do jardim e um painel contendo a ilustração dessa mulher incrível, que aprendeu a datilografar e publicou seu primeiro livro aos 75 anos. Ela é um verdadeiro exemplo de que nunca é tarde para (re)começar!!!! Tento lembrar disso sempre!!!!

20110821-022

“Esta casa, conhecida por ter abrigado a mais famosa moradora da cidade, foi provavelmente construída na segunda metade do século XVIII, sendo uma das primeiras construções edificadas na antiga Vila Boa de Goiás. Foi comprada pela família da escritora Cora Coralina no início do século XIX, ainda na infância de seu avô.

A construção apresenta características típicas da arquitetura residencial desenvolvida no Brasil colônia. Composta por duas residências unidas por um único telhado, a construção de madeira tem paredes de pau-a-pique e adobe, criando asim, uma muralha de segurança contra as águas do Rio Vermelho.”*

*Fonte:http://www.cidadeshistoricas.art.br/goias/go_monc_p.php

20110821-026

“A Fundação Cora Coralina montou em uma parte da casa um museu dedicado à memória da escritora. Lá funciona também um miniauditório e a sede regional do Pró-ler.

Localização: Rua Dom Cândido (Rua dos Mercadores), no 20 (ver no mapa)
Telefone: (62) 371-1990
Visitação: terça a sábado, de 09h às 17h, e domingo de 9h às 16h.”*

*Fonte: http://www.cidadeshistoricas.art.br/goias/go_monc_p.php

Amei essa cena dos cavalinhos perto do rio e da casa de Cora e não pude deixar de registrá-la!!!!

Depois da visita, seguimos caminhando mais um pouco pelas ruelas estreitas e tranquilas, até que me deparei com essa casa e, chegando mais perto, fotografei o muro lateral, todo coberto por uma escultura colorida de mosaico…

Amei e lembrei logo da VERO KRAEMER, que é mestra nessa arte e me deixa boquiaberta com seus trabalhos!!!!! Gente, eu não era tão cara-de-pau assim antigamente, mas hoje sinto que cada oportunidade é única e não volta mais, então saquei a câmera do bolso (mentira, ela fica na mão o tempo todo, rsrsrs) e cliquei o muro de pertinho, praticamente invadindo a casa alheia!!!!

Em seguida, visitamos o Palácio Conde dos Arcos.

“Chegando a Vila Boa de Goiás, o governador Conde dos Arcos não encontra residência disponível e comunica o fato ao rei de Portugal, obtendo, então, autorização para construir o Palácio. Daí em diante o edifício serviu de residência oficial aos governadores de estado até 1937, com a transferência da capital para Goiânia. Ao longo dos séculos, reformas e adaptações alteraram muito sua forma original, especialmente a fachada. Em sua parte anterior há um belo pátio, escalonado em vários níveis com piso de mezalena e uma fonte em um dos lados.”*

*Fonte: http://www.cidadeshistoricas.art.br/goias/go_monc_p.php#c4

O palácio é bem bonito e nosso guia era uma figura muito simpática que se ofereceu para tirar fotos nossas em vários ambientes, como na sala de jantar oficial.

No pátio eu encontrei alguns jabutis e lembrei que eu adorava brincar com as tartarugas da minha bisavó quando era criança!!!!

Mami (que já foi professora de piano) ficaria orgulhosa de mim se eu estivesse tocando de verdade, mas fiz somente uma pose para a foto…

“Atualmente o Palácio sedia a administração municipal e abriga o Museu Palácio Conde dos Arcos. Todos os anos, no aniversário da cidade, volta a ser sede provisória do governo estadual.

Localização: Praça Castelo Branco (Largo do Palácio), s/n
(
ver no mapa)
Telefone: (62) 371-1200”

*Fonte: http://www.cidadeshistoricas.art.br/goias/go_monc_p.php#c4

Por volta da hora do almoço no domingo, tivemos que nos despedir dessa cidade deliciosa com direito a subir os degraus do segundo andar do coreto na praça principal para tomar uma cervejinha gelada. É claro que eu fotografei a padronagem do piso para registro e inspiração!!!!

E assim terminou mais um final de semana de aventuras, passeios, aprendizados e memórias que vou guardar para o resto da vida!!!!!

Gostaria de aproveitar esse post para agradecer à Léia Silva e Sherol Vinhas pelas dicas preciosas de restaurantes e atrações da cidade!!!!!

O Marcelo é bem mais rápido do que eu e finaliza os posts de viagem logo após os passeios. Para ler o relato dele, basta clicar no seguinte link:

http://www.mochileiros.com/fim-de-semana-em-goiania-e-goias-t59526.html

Por fim, gostaria de compartilhar com vocês um video que sempre assisto e me emociono, porque sinto que parte de mim gostaria de rodar o mundo sem compromisso, sem prazo pra voltar e sem destino específico, interagindo com o povo local em seus costumes e tradições, participando de trabalhos voluntários, experimentando novos sabores, valorizando cada pôr do sol e cada céu estrelado, praticando o desapego e vivendo intensamente!!!!!

Nossa, tô inspirada hoje, rsrsrsrsrs!

Adooooooro essa propaganda!!!! Me dá vontade de largar tudo e sair conhecendo esse mundão!!!!

A propaganda foi criada pela agência JWT de Curitiba para o banco HSBC e, apesar de a história ter um final interessante/surpreendente, o que me chama a atenção mesmo é o caminho percorrido pelo protagonista…

Um grande beijo pra todos com votos de uma semana cheia de memórias especiais!!!!!

Bonfa ass

35 comentários:

Vivien Morgato : disse... [Responder comentário]

Achei a cidade linda, muito bem cuidada, charmosa mesmo. A ideia de fazer viagens curtas usando os preços convidativos é ótima, adorei.
Beijocas.

Marina Mott disse... [Responder comentário]

Fotos lindas! Adorei o post!! Beijos!

Joaninha Bacana disse... [Responder comentário]

Lindas, lindas, lindas as fotos!!! Adorei as cores!
As casas parecem bem conservadas! Que bom, porque algumas cidades com essas casas antigas deixam a gente chorando com o estado delas :-(
O que é guariroba? Nunca ouvi falar :-D
Beijocas, e boa semana pra vocês também!!!
Angie

Simone Scharamm disse... [Responder comentário]

Muito boa a ideia de conhecer o Brasil, aos pouquinhos nos fds. Assim, vocês reservam depois um tempo maior para retornar às cidades que mais gostarem!
Amei o post! Lindas fotos!
Beijos!

Sherol Vinhas disse... [Responder comentário]

Que bom que gostou minha linda! É uma cidadezinha encantadora mesmo. A primeira foto que tirei com o Luciano quando fui lá, foi na mesma mesa que você tirou a sua com o Marcelo no Dali, e tinha esquecido de falar, que a Pousada que sempre ficamos é a Flor do Ypê, que tem uns chalés super românticos. Agora quero ver a de Curitiba, a minha cidade natal rsrs.
Fiz um encontro pra comemorar o niver do Luciano aqui em casa no sábado, usei um monte de dicas suas, nem acreditei quando vi 12 pessoas sentadas e assistindo ao um show de Stand up de um amigo nosso e todos rindo muito em um espaço de três metros² kkkk Vou tentar postar no Face, mas o Luciano é meio avesso a vida particular em redes sociais. Faço minhas as suas palavras em viajando e participando de tudo nos lugares por onde passar é um sonho nosso também.
Fique com Deus minha linda, muitos beijos.

Vicentina disse... [Responder comentário]

Que delícia de passeio, cidade linda, lugares lindos, suas fotos são lindas.
Bjs e Boa Semana

Mania D' Marie disse... [Responder comentário]

Amei cada detalhe,que lugar lindo
Cheiro!!

Pri Montanher disse... [Responder comentário]

Que cidade linda! E que projeto maravilhoso de turismo no nosso Brasilzão... Invejinha boa... ;)
Estamos programando uma viagem Curitiba - Brasília (minha cidade atual - minha cidade natal) de carro para julho de 2012 e agora vou dar um jeitinho de incluir Goiás Velho no roteiro. Obrigada pelas dicas e pelas fotos lindas! Esse post vai ficar guardadinho...

Feito a Mão disse... [Responder comentário]

Katinha,
Conhecer o Brasil mais profundamente é uma ótima ideia. Não sei se eu conseguiria visitar uma cidade num fds, pois daqui para o sul ou para o norte os voos demoram muito, por causa das conexões em Brasília, São Paulo ou Rio.
Estou contando nos dedos os dias que faltam pra vc vir a Maceió.
Até nisso combinamos, eu prefiro jantar mais cedo.
Bj
Claudinha

Sandra Negrão disse... [Responder comentário]

Nossa Kátia suas fotos e seus relatos estão cada dia melhores. Tá virando profissional hein!rsrs.
É sério, adoro ler e ver tudinho. Vc faz a gente viajar um pouquinho com vc...
Essa ideia de viajar pelo Brasil não poderia ter sido melhor. Realmente dá vontade de sair por aí viajando e conhecendo cada cantinho lindo que sequer imaginávamos existir. Esse nosso país é mesmo muito rico e lindo!!
Parabéns!!
Beijocas e ótima semana.

Katima disse... [Responder comentário]

Oi, Kátia.
Goiás é uma cidade maravilhosa, com o melhor empadão do estado, e realmente passear por lá é muito bom, pois não têm muitos turistas o que para mim torna o passeio mais agradável.
Sinto falta de viajar mais, como fazia, pois este ano minha filha entrou no ensino médio e tá difícil fugir nos fins de semana da capital.
Viajar de carro pelo Brasil também é bom, desde que seja do centro-oeste para baixo, as estrada são melhores e você pode descobrir cada lugar.
Dica de dois lugares legais para curtir a natureza: Parque do Carraça-MG, você se hospeda no mosteiro, dentro do parque.
Chapada dos Veadeiros-GO, têm fotos lá no meu blog.
Beijos e aguardo fotos dos seus novos passeios.
Kátima.

Bem Vindos !!! disse... [Responder comentário]

nossa Amei o lugar ..Flor adoro seu Blog estou sempre por aqui !!Gostaria te lhe convidar para uma entrevista no meu Blog Bjos http://maryaluciaproenca.blogspot.com/

Cy disse... [Responder comentário]

Oi, Katia. Que passeio legal!!!

Meu marido e eu tb temos a ideia de fugir nos fins de semana. Não tem como nos restringirmos somente as férias, então é fim de semana mesmo, embora dê vontade de ficar mto mais tempo, né? rs.

No ano passado, resolvemos conhecer as cidades do Estado do RJ. Neste ano, já andamos por algumas cidades tb.

Estaremos em Ouro Preto no próximo fim de semana e, claro, vou aproveitar algumas de suas dicas.

Bjs
Cyntia

Cy disse... [Responder comentário]

Ah! Esqueci-me de elogiar as fotos. Estão cada vez mais bonitas!!!

Bjs
Cyntia

Veronica Kraemer disse... [Responder comentário]

Ká querida, que maravilha de viagem!!!
Amei cada casa, cada praça, os pisos de ladrilhos hidráulicos, as comidinhas!!!
Agora que honra tu lembrar de mim vendo o mosaico, aí emocionei, né?
Eu fico me achando quando vcs. se lembram de mim nas viagens, sabia?
Obrigada pela foto e pela lembrança!
Fiquei com muita vontade de viajar, mais do que eu já estava!rs
Lindas imagens!!!
te adoroooooooooooo
beijossssssss
Vero

Bia Jubiart disse... [Responder comentário]

Bonfa, inspiradíssima!

Viagei na velha Goiás... Velha no nome, não a conheço, mas parece super preservada! E a cidade já passou por inundações feia...

Parabéns p/ o Marcelo, excelente planejador de viagem!

Uma excelente semana p/ vcs!

Beijosssssss

Sol disse... [Responder comentário]

Que lugar maravilhoso, adoro!! Este piso hidraulico é tudo de bom. Bjs.

Mineirices no Rio disse... [Responder comentário]

Kátia,

Que lugar gostoso, lembra muito Tiradentes, mas me pareceu ainda mais conservada.
Quero agradecer sua generosidade em compartilhar tanto, e com dicas incríveis. Acabei fazendo um blog para poder interagir com pessoas que admiro nesse mundinho virtual, e uma delas é vc...bem estou começando agora, marinheira de primeira viagem, mas estou gostando muito.

Bjssss!!!

wcampelo disse... [Responder comentário]

Muito legais as fotos e o relato da viagem, Bonfinha. Sem contar as informações valiosas para quem pretende conhecer a cidade. Fiquei surpreso com o estado de conservação das construções. Muito bom saber que existem cidades que sabem valorizar seu próprio patrimônio.

Flávia Mergulhão disse... [Responder comentário]

Adorei tudo! Principalmente o colorido das casinhas e pequenos detalhes!
Um beijão

De♥coração disse... [Responder comentário]

Que delícia de viagem!Por ter morado em Brasilia por muitos anos, conheço bem o Goias que é enorme. Goias velho em especial passei vários feriados da semana santa que é o auge da cidade, acampávamos no rio no fim da ladeira na entrada da cidade e outras vezes ficamos em pousadas. A festa é maravilhosa na noite anterior a crucificação tem a procissão do fogaréu, todos respeitam este momento. Me lembro que a cidade lotada de motoqueiros e viajantes que na hora da procissão respeitavam a cultura religiosa do lugar, ao apagarem as luzes de toda a cidade a medida que a procissão ia chegando nas proximidades dos bares todos saiam para a rua e param de beber em respeito e acompanham os devotos e depois voltam ao bares e a cerveja esta no mesmo lugar. Muito emocionante. Acho que hoje não acontece. Percebi que a cidade esta muito cuidada todas as casas pintadas a pouco, adorei seu olhar bucólico. Nesta época 1978 +- Dona Cora ainda estava viva e muito atuante.
Vc me fez relembrar coisas que estavam adormecidas, momento que a melhor coisa de vida é ter amigos, não que não continuo, assim mas era muito intenso rsrsrs
Obrigada
Show.
Bjos De♥coração

Adriane Pinhate disse... [Responder comentário]

Que colorido maravilhoso! Essas fotos ficaram lindas! Tão vivas!!! Parece que viajamos junto com vcs. A harmonia, o texto, enfim, tudo faz com que sejamos próximos mesmo estando distante, entende?

Amo seu Blog!!!

Adri disse... [Responder comentário]

Katia, que linda a cidade de Goiás! Parece mesmo muito com Paraty, mas achei mais bem conservada, não sei se é a realidade ou se foi a impressão com a qual fiquei por causa das suas fotos tão bonitas! Rs. Beijos :-)

Joana Sá disse... [Responder comentário]

Que delíciaaaa!
Dá até vontade de morar numa casinha colorida dessas! Eu tb mooooro de vontade de visitar lugares pelo Brasil, pena que meu tempo é cuuurto! rsrsrs

Katia, vem fazer uma visitinha à Minas, já li que vc já visitou cidades por aqui, mas ainda tem muito lugar bacana para se explorar em MG!

Bjão

htp://poppaperbox.blogspot.com
www.poppaperbox.tanlup.com

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi, pessoal! A cidade de Goiás é realmente linda e o centro histórico é mesmo bem conservado. Havia várias outras casas em reforma. Fiquei com a impressão de que é bem menor do que Ouro Preto e Tiradentes e um final de semana foi o tempo ideal para conhecermos esse lindo cantinho e aproveitarmos bem nossa estadia!!!! Beijão!!!!!

Cheiro de Vanilla disse... [Responder comentário]

Que post gostoso, amei todos os detalhes, parece que fui com vcs, hehehe.
As fotos perfeitas.
Bjs....e.....have a great day.

RebekaCris disse... [Responder comentário]

Quantas imagens lindas...a cidade de Góias é muito bela e super aconchegante! eu sou suspeita para falar, sou de GoiÂnia e amo ir pra góias!!!

Fla disse... [Responder comentário]

Eu babo nas tuas fotos de viagem!
Cada lugar lindo, a viagem com certeza foi especial né?!
Beijos

Casar é assim... disse... [Responder comentário]

Uau Bonfa...que cidadezinha fofa....!!
Tbm gosto muito de arquitetura colonial, acho uma graça...!
Certa vez fui gravar uma matéria sobre a Cora Coralina e tinha a foto da casinha dela, achei tão bonitinha..=)
Achei muito bacana essa ideia de vocês, de passar os finais de semana conhecendo algumas cidades do Brasil.
Prmeiro vcs compram as passagens e depois fecham os hotéis? ou vocês fecham os hotéis quando chegam nas cidades?

Beijos!!
Gábi

Larissa disse... [Responder comentário]

Bonfa já que você vem a Recife dá um pulinho em João Pessoa que fica a 1 hora de carro de Recife. Você vai amarrrr com toda certeza! Eu já imagino que você já deve ter seu roteiro de Maceió mas se quiser dicas eu posso te mandar várias. Adoro seu blog!

Larissa disse... [Responder comentário]

Oi Kátia, já que você vem a Recife dá um pulinho em João Pessoa, fica ao lado a 1 hora de carro. Você com toda certeza vai amar!!! Já imagino que você já tenha seu roteiro em Maceió mas se quiser dicas tenho várias ótimas!! Adoro seu blog.

Katia Bonfadini disse... [Responder comentário]

Oi,Gábi!!!!!!!!!!!!

Desculpe meu sumiço, querida! Tô em falta com vc e curiosa pelos relatos da lua-de-mel!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Pessoal,na verdade, estou em falta com todo mundo e acho que só em meados de novembro minha vida volta ao ritmo de "correria normal",rsrsrsrs!

O Marcelo é quem organiza tudo e ele compra as passagens com bastante antecedência sempre de olho nas promoções! Temos 4 passagens compradas de janeiro a março, acredita? E vemos os hoteis mais próximo da data da viagem, mas quase sempre antes de sair de casa. Como a gente é bem simples nesse quesito e nunca viaja em alta temporada, sempre encontramos hospedagem, sem problemas! Realmente estou adorando essa ideia de conhecer o Brasil aos pouquinhos nos finais de semana. Está sendo super gratificante e produtivo!!!!! E quando dá, ainda encontro algumas amigas blogueiras!!!!!! Um grande beijo!!!!!

Cozinha Perfumada disse... [Responder comentário]

Katia que cidade linda!! Nunca fui a Goiás e adorei ver essas fotos todas, mostrando bem a arquitetura, pratos do lugar e seus comentários! Adoro seus relatos de viagem, parece que viajamos um pouquinho com você também quando lemos... adorei!! Fotos lindas e que lugar lindo, bem cuidado, super charmoso e pouco divulgado né!? :)

Vc vai vir a Maceió quando?!?! Moro aqui !!

Beijos!! Tereza

vanusa disse... [Responder comentário]

Realmente neste post vc estava inspirada...rsrs
A cidade parece muito calma e pacata e as fotos estao lindas..
Também gostei muito do video, assisti 2 vezes...
bjao!

Marta disse... [Responder comentário]

Parece ter sido uma ótima viagem! Vcs estão super alegres e as fotos lindas! E fiquei surpresa ao ver a lista de locais que ainda vão este ano! Quem dera eu poder fazer isso, mas marido trabalha no sábado :(
Beijos

Related Posts with Thumbnails