terça-feira, 28 de abril de 2015

De professora a designer de sapatilhas: conheçam a inspiradora história da Fabrícia Carralón

_MG_4308

_MG_4217

_MG_4282

_MG_4560

Eu estava com saudades de convidar uma pessoa querida e talentosa para participar dessa seção do blog. Tenho acumulado muitas tarefas e, infelizmente, o “Bonfa Convida” não é mais tão ativo e recheado de convidados quanto antes. É uma pena, mas algumas vezes a vida nos atropela e eu sofro do mesmo problema da maioria da humanidade: falta de tempo crônica! Há pouco mais de um ano, reduzi a peridiocidade das postagens por aqui, mas acho que foi melhor assim porque penso que consegui manter a qualidade sem me preocupar com a quantidade de relatos que publico por semana. Dito isso, hoje tenho o prazer de apresentar a vocês a Fabrícia Carralón, cliente que virou amiga ou vice-versa, não lembro bem como tudo começou, rs! Nos conhecemos nesse mundão virtual e trabalhamos juntas na construção de sua marca, a SAPATILE, projeto que ganhou um post no ano passado:

http://casosecoisasdabonfa.blogspot.com.br/2014/09/criacao-de-identidade-visual-para.html

Quem me conhece bem, sabe que aposentei os saltos altos há alguns anos, mas não é porque não gosto deles. Eu adoro andar rápido e considero que tenho um estilo “mais esportivo e despojado”, digamos assim. Por isso, o que mais uso no dia a dia são sapatilhas, calçado que considero prático, bonito e, o que é mais importante pra mim, confortável. Os saltos e botas (sem salto) eu deixo para usar em festas e viagens curtinhas. Para terminar essa introdução, gostaria de deixar claro que esse post não é um publieditorial e que convidei a Fabrícia porque fiquei apaixonada pelo seu trabalho, principalmente pelos modelos estampados e coloridos, totalmente a minha cara!!!!

bonfaconvida

Conheci a Bonfa por acaso naqueles posts que uma vai compartilhando com a outra... Para dizer a verdade nem sei mais se foi num blog ou no facebook mesmo! Kkkk

Depois que entrei no seu blog, fiquei encantada com seu trabalho, festas especiais, encontro com os amigos divertidos, viagens, fotos e lugares lindíssimos... E muitas opções para nós mesmos fazermos com nossos queridos! Tudo o que eu aprecio!

Nesta época, eu era Professora de Ensino Fundamental da Rede Pública com formação em Pedagogia e não podia nem imaginar que um dia iria precisar contratá-la!

Durante o pouco tempo que fiquei atuando em sala de aula, acabei adoecendo emocionalmente com depressão e ansiedade, por causa de uma série de dificuldades que vivenciei dentro do contexto da Educação. Sempre fui muito forte em meio a situações adversas, e desta vez não foi diferente. Tive que lutar muito entre a grande conquista em estar num emprego estabilizado e a opção de viver melhor, com saúde plena e fazendo todos que estão ao meu redor felizes.

Felizmente, e graças a minha fé em Deus, a SAPATILE surgiu neste meio de história, sem querer, como uma tentativa de “ganhar um dinheirinho a mais” que acabou dando certo. Em meio às terapias psicológicas e minhas orações, acabei descobrindo uma aptidão que é a de Empreendedora. Lembro que no início, vendia as sapatilhas entre as próprias professoras colegas de trabalho e faziam um sucesso! Elas olhavam para o meu pé e diziam: Onde você comprou? Quero uma sapatilha igual! E assim foi indo...

05

Logo quando pensei em estruturar o trabalho e abrir uma empresa, pensei imediatamente na Bonfa, porque me identificava muito com o trabalho dela, além de ser uma excelente profissional com muita qualidade e dedicação em seus trabalhos.

02

Minhas idéias surgiram imediatamente em minha cabeça e assim fui registrando tudo para direcionar para o Estudo da logomarca que ela iria fazer. Trabalho concluído, satisfação garantida! O que vocês podem mesmo conferir: ficou lindo! Pensei em algo feminino, sofisticado e moderno. Acertou em cheio!

LOGO

Hoje, estou fora da sala de aula, acabei optando em viver contente com a decisão que tomei. Posso garantir que estou muito melhor e satisfeita do que antes. A SAPATILE foi um presente que Deus me deu para que eu pudesse seguir profissionalmente, sem desistir.

 sapatilecartao

caixas

Muito trabalho, coleções e atendimentos personalizados a clientes. Vivo num mundo que nunca imaginei antes, da educação para a moda.

A SAPATILE trabalha com venda online através de nossa página no facebook, com a linha de sapatilhas e acessórios, como bolsas, carteiras e cintos.

https://www.facebook.com/pages/Sapatile-Sapatilhas-e-acessórios

Contato: sapatile@gmail.com

Fotografias: www.casaloriginal.com.br

Fabrícia Carralón

…………………………………………………………………………………………………………….

Fabrícia, muito obrigada por ter aceitado o meu convite e parabéns por sua atitude empreendedora, otimista e corajosa. Admiro demais essas características! Nos úlltimos cinco anos conheci várias pessoas que, infelizes com a rotina, com o excesso de stress no trabalho ou com o acúmulo de funções que as afastavam da família, decidiram mudar o rumo de suas vidas. Nem sempre é fácil e nem sempre o caminho escolhido vai dar frutos logo de cara, mas acredito que, se estamos desanimados, frustrados ou acomodados numa situação desagradável, é importante sair da inércia, arregaçar as mangas e se reinventar. Acho que nada cai do céu se a gente não correr atrás e fico muito feliz em ler relatos como o seu que, com certeza, vai inspirar muita gente.

Já te disse que adorei desenvolver o projeto de Identidade Visual da SAPATILE junto com você e que fiquei bastante satisfeita com o resultado e com seu feedback, né? Mas não custa nada reforçar, muito obrigada pelos elogios, pelo carinho e pela confiança no meu trabalho.

Pessoal, o post não acaba por aqui! A Fabrícia vai sortear UM PAR de sapatilhas para uma das leitoras do blog que deixar um comentário nesse post, obaaaaaaaa! Ela selecionou dois modelos como opção, mas eles possuem numerações diferentes, conforme vocês podem conferir na descrição dos produtos, logo abaixo das respectivas fotos.

20150413_082436-1

1) Sapatilha branca com dourado

Descrição: sapatilha branca, com detalhe em dourado, palmilha simples.

Numeração disponível: 34,35,38

_MG_4868

2) Sapatilha preta de bico fino

Descrição: preta toda em verniz, com laço dourado na ponta (parafusado).

Numeração Disponível: 35, 36, 37

 

Para participar do sorteio que será realizado por meio do site RANDOM e divulgado no dia 6 de maio de 2015 aqui no blog, basta deixar uma mensagem no formulário de comentários desse post até o dia 5 de maio. A promoção só é válida para quem tiver endereço de entrega no Brasil. Não esqueçam de deixar o e-mail para contato, OK? Ah, é importante verificar a numeração disponível para cada modelo antes de escolher o que gostaria de ganhar. A seguir, um exemplo de como deve ser o comentário:

“Se eu for sorteada, gostaria de ganhar o modelo 2 (sapatilha preta). Meu número é 36 e meu e-mail é fulanadetal@gmail.com.”

Fácil, né?

Um grande beijo pra todos com votos de que a gente saiba tomar decisões sábias! E boa sorte!!!!

Bonfa-ass

sexta-feira, 24 de abril de 2015

A Festa de Outono

DSC_0692DSC_0941DSC_0680

Buffet decorado para a festa

DSC_0828

Roll de salmão defumado com cream cheese e geleia de gengibre com abacaxi

DSC_0059

Sanduíches de rosbife com parmesão, tomate seco e rúcula

DSC_0849

Muffins de chocolate e docinhos de abóbora

Ahhhh, o outono… a minha estação preferida me inspira demais! Se eu pudesse, faria uma festa diferente todo final de semana, rs! É verdade, adoro tudo o que é associado ao outono, começando pelos tons quentes e aconchegantes que escolhi para decorar a minha sala, o espaço mais agradável do apartamento. Eu também gosto muito de peças de madeira e fibras naturais.

DSC_0690

Não sei porque eu esperei tanto tempo para reeditar essa festa. A primeira vez que usei o outono como tema foi em 2010 e mostrei esse encontro com amigos AQUI. Desde então, organizei muitos eventos em casa, sempre escolhendo temas diferentes. Felizmente, no ano passado, propus ao meu amigo e designer Wagner Campelo que desenvolvêssemos alguns kits de festa em parceria, ideia que ele aprovou na hora, oba!

A primeira festa que eu fiz usando um kit com ilustrações e padronagens elaboradas por ele foi a FESTA TROPICAL/NATAL TROPICAL. Adorei o resultado e sugeri logo um kit FESTA DE OUTONO para o início da estação. Após algumas trocas de e-mails, estabelecemos uma data e eu parti para a organização do evento, que foi um brunch.

DSC_0887

Eu sempre começo a decorar as minhas festas pelo buffet, que é o móvel mais charmoso da sala e que normalmente abriga as entradinhas e/ou sobremesas. Conforme mencionei no post sobre os preparativos para essa festa, separei louças e acessórios em tons quentes, além de cestas de palha e tábuas de madeira. O meu objetivo era conseguir montar uma decoração rústica e delicada ao mesmo tempo.

DSC_0964

Há muitos anos juntei esses galhos que inseri no pequeno vaso de vidro vermelho. Volta e meia lembro deles quando vou decorar uma festa. Já tentei me livrar dos galhos (por pressão do Marcelo, rs), mas não consegui e não me arrependi. Eles são práticos, versáteis, não ocupam muito espaço e combinam bem com diversos temas. A última vez em que os usei na FESTA DE RÉVEILLON tem pouco mais de um ano. Eles receberam bolas douradas de diferentes tamanhos e acabamentos, transformando-se num arranjo elegante para o centro do buffet.

Dessa vez, optei por mantê-los “pelados” e, em vez de pendurar as folhas que recortei do kit, preferi dar um efeito mais amplo e “frondoso”, colando-as na parede do buffet. Eu até experimentei prendê-las nos galhos, mas achei o visual poluído. Era uma coisa ou outra e então decidi decorar a parede.

DSC_0909

Na tábua de madeira que imita um pedaço de tronco cortado que comprei na CRATE & BARREL há dois anos, coloquei dois tipos de sanduíches. O da foto era recheado com rosbife, parmesão, tomate seco e rúcula. O outro tinha presunto alemão, queijo brie e mostarda escura. Há muito tempo eu não servia sanduíches incrementados nas minhas festinhas, mas acho que é uma opção praticamente unânime, prática e fácil de fazer. Optei por cortá-los em pequenos pedaços, mas também acho legal servi-los inteiros naquelas baguetes bem compridas e disponibilizar uma faca para que os convidados possam se servir à vontade.

DSC_0723

No pequeno rack para CDs que transformei em bandeja de três andares, servi rolls de salmão defumado com cream chesse e geleia de gengibre com abacaxi no nível superior, verrines de salada de abóbora com queijo de cabra, rúcula e nozes no nível intermediário e azeitonas temperadas + cubinhos de queijo marinados no azeite com ervas no nível inferior.

DSC_0868

É super fácil fazer o roll de salmão, basta espalhar uma camada fina de cream cheese no pão folha ou RAP 10, acrescentar lâminas de salmão defumado e enrolar o pão de maneira a formar um charutinho. Em seguida, basta cortar rodelas de mais ou menos 2 cm. No caso do petisco que servi, adicionei uma colher de chá de geleia de gengibre com abacaxi, presente delicioso da amiga Simone Medeiros. Amei a combinação!

DSC_1005

Eu queria fazer uma “salada de outono” e foi inserindo essa expressão no Google que encontrei uma receita interessante que tinha tudo a ver com o tema da festa.

DSC_0669

Adaptei um pouco a receita porque não encontrei todos os ingredientes, mas apesar disso, tentei ser bem fiel à original, que compartilho a seguir.

Fonte da receita: http://lume-brando.blogspot.com.br/2012/10/uma-salada-de-outono.html 

Salada de Outono para dois

Ingredientes

Rúcula - 1/2 emb.
Abóbora Hokkaido - 1 fatia grossa, descascada e limpa de sementes
Cebola roxa - 1/2
Queijo de cabra - 1/2 queijo Palhais
Nozes - miolo de 4 ou 5
Laranja - sumo de 1/2
Azeite qb
Flor de sal qb
Pimenta preta moída na altura qb

Modo de Preparo

  • Numa taça, fazer uma cama de rúcula.
  • Ralar a abóbora num ralador (tipo o que podemos usar para a cenoura) e juntar.
  • Partir a cebola às meias-luas e juntar.
  • Desfazer o queijo grosseiramente e espalhar por cima.
  • Temperar com o molho, feito numa taça à parte com o azeite, o sumo de laranja, a flor de sal e a pimenta.
  • Terminar com as nozes picadas.
  • Envolver antes de servir.

……………………………………………………………………………………………

Preferi misturar tudo numa saladeira antes de levar a salada aos verrines. Acho que ficou bem gostosa e diferente porque todo mundo achou que a abóbora ralada era cenoura, mas percebeu que o sabor não era o mesmo e ficou curioso, rs!

_DSC0445

Na semana retrasada, publiquei essa dica no meu Instagram: cortei cubinhos de queijo meia cura e deixei-os marinando numa mistura de azeite com tomilho fresco e mix de pimentas. Depois de alguns dias, o queijo absorve o sabor e o aroma dos temperos e fica delicioso!

DSC_0990

Desde o ano passado, estou com mania de substituir as torradinhas por crackers de arroz sempre que encontro a iguaria no mercado. Acho mais leve e crocante do que o pão e tem a vantagem de não conter glúten. Na cestinha da foto acima, servi os crackers com pastinha de alho.

DSC_0820

As colheres de degustação verdes e laranjas receberam o mesmo roll de salmão defumado que servi no nível superior do rack de CDs. Um raminho de endro finalizou a apresentação do belisquete.

DSC_0837

Virei uma cesta de fibra natural trançada de cabeça para baixo a fim de que ela servisse como suporte para os muffins de chocolate que ganharam wrappers e toppers do kit digital FESTA DE OUTONO.

DSC_0607

Há tempos eu esperava a oportunidade para testar uma receita de brigadeiro de abóbora, que retirei DAQUI e dei uma leve adaptada, conforme vocês podem conferir a seguir.

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 100 g de abóbora cozida
  • 1 colher de margarina
  • Açúcar ou coco ralado para enrolar.

Modo de preparo

Misture os ingredientes numa panela e leve ao fogo mexendo sempre até pegar o ponto de brigadeiro desprendendo da panela. Espere esfriar e enrole no coco ou açúcar.

DSC_0655

Segui a receita original quase à risca, mas acrescentei uma colher de chá de canela em pó e um pouco de noz moscada ralada na hora. Quando coloquei tudo na panela e comecei a mexer, fiquei com medo da mistura não ficar homogênea e então passei tudo no liquidificador.  Voltei com o líquido para a panela, esperei o ponto de brigadeiro, deixei esfriar, fiz as bolinhas, passei no açúcar e finalizei cada docinho com um cravo. Pra quem adora doce de abóbora como eu, não tem erro, é uma delícia e combina com o clima ameno do outono. Isso sem falar no aroma das especiarias que deixa a cozinha super perfumada!

DSC_0832

Coloquei os brigadeiros nas forminhas que disponibilizei no kit e congelei os docinhos até o dia da festa, retirando da geladeira algumas horas antes.

DSC_0008

Decoração da mesa principal

DSC_0018

Como o buffet não é muito espaçoso, eu geralmente uso a mesa da sala para complementar a decoração das minhas festinhas e disponibilizar pratos, talheres, taças, guardanapos, porta-copos e outros acessórios úteis para os meus convidados.

DSC_0089

Sei que as taças ideais, segundo os especialistas, são as transparentes que permitem degustar o vinho em sua plenitude, apreciando e analisando, inclusive, sua coloração, densidade e textura. Porém, eu adoro essas taças vermelhas que foram as primeiras que comprei quando me mudei para esse apartamento e por isso possuem um certo valor sentimental. Gosto muito do tom delas e de vez em quando as uso quando as cores quentes predominam na decoração.

_DSC0436

Num dos cantos da mesa, posicionei uma bandeja com guardanapos, porta-copos, sal, pimenta, vinagre aromatizado, dois tipos de mostarda e o menu.

DSC_0028

Preenchi duas cestas com os mesmos sanduíches que servi no buffet e decorei-os com as bandeirinhas de boas vindas do kit. Além de exercerem a função de elementos decorativos que alegram e colorem a mesa, os palitinhos também ajudam a firmar os sanduíches segurando as duas metades do pão.

DSC_0048

Não sou muito fã de miolo de pão, então tirei parte dele para poder colocar um recheio farto e generoso.

DSC_0045

Essa tábua de madeira rústica pertencia à minha irmã Flávia, cujo bom gosto eu admiro muito. Ela mora nos EUA, um paraíso pra quem procura objetos lindos e baratos para decoração da casa e cozinha. Posicionei um pote com pasta de alho numa das extremidades e espalhei crackers de arroz ao longo da peça.

DSC_0094

Lembram do pote de vela que encapei com uma das padronagens do kit FESTA DE OUTONO e mostrei no post sobre os preparativos? Resolvi deixá-la nessa mesa para criar um clima aconchegante, além de perfumar o ambiente.

DSC_0119

Waguito, Mari, eu e Kapin

E aí está meu grupinho de melhores amigos e convidados sempre presentes nas festinhas lá em casa. O Marcelo e o Joan, marido da Mari, estão do outro lado da câmera. Adoro organizar esses pequenos eventos para poucas pessoas porque, dessa maneira, sinto que dou atenção a todos e posso comprar matérias-primas de melhor qualidade para preparar minhas receitinhas sem gastar uma fortuna. Como o apê não é grande, acho mais aconchegante limitar os grupos a 12 convidados, apesar de achar que 8 é o número ideal para que o pessoal possa circular à vontade e se acomodar com conforto.

Quando meus amigos chegaram lá em casa, já estava tudo pronto porque eu gosto de curtir e me divertir como mais uma convidada na hora da festa. É por isso que dou preferência às receitas práticas que posso preparar com antecedência e servir na temperatura ambiente. Apesar de caprichar na decoração do espaço, minhas festinhas são bem informais. A gente tira os sapatos e senta no tapete ao redor da mesa de centro para comer, beber, bater papo e rir muuuuuito!

Quando a Festa de Outono acabou, retirei a decoração temática, mas não a substituí pela decoração permanente porque em breve farei um pós-almoço de Dia das Mães e já comecei a testar o posicionamento das louças no buffet. Vou convidar meus pais para almoçar num restaurante perto de casa e, depois da refeição, vou oferecer algumas sobremesas e mimosas (drinks de champagne com sucos de fruta) no buffet decorado com o Kit digital DIA DAS MÃES/ANIVERSÁRIO DA MAMÃE. Quando a decoração estiver mais adiantada, mostro os preparativos aqui.

Um grande beijo pra todos com votos de uma semana produtiva e divertida!!!!

Bonfa-ass

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Meu checklist de aperitivos para Happy Hours

DSC_0734

Quando marquei uma reunião de trabalho lá em casa há pouco mais de um mês, não me preocupei com o que eu iria servir pro lanche, mas depois lembrei que a pessoa que eu receberia naquele dia era uma amiga de longa data que eu não via desde o ano passado. Essa foi a desculpa perfeita para comprar alguns belisquetes e uma garrafa de vinho rosé. Pronto, estava decidido que nossa reunião se converteria numa agradável Happy Hour! E foi uma delícia…

DSC_0729

Antes de partir para o mercado, fiz uma lista de petiscos que eu poderia servir e achei interessante guardar esse arquivo no bloco de notas do meu celular para consultá-lo no futuro. Eu estava sem tempo de ir pra cozinha preparar algo mais elaborado e então pensei em comidinhas práticas que poderiam sair da embalagem direto pra mesa.

Sendo assim, a lista que atualmente me ajuda a organizar pequenos encontros e Happy Hours informais é a seguinte:

  • Queijos (2 ou 3 tipos cortados em cubinhos)
  • Brie ou camembert derretido com geleia (damasco, caqui, pimenta e figo são as minhas combinações preferidas)
  • Frios (presunto de Parma, pastrami, salaminho, copa, lombinho defumado etc.)
  • Frutas secas (damascos, tâmaras, figos, ameixas, passas etc.)
  • Frutas frescas (gosto de uvas, figos e cerejas)
  • Nozes ou castanhas, amêndoas, avelãs, pistaches, macadâmias, amendoins etc.
  • Tomate cereja ou azeitonas pretas temperadas
  • Pastinhas (2 tipos)
  • Azeite aromatizado com ervas
  • Biscoitos salgados (2 tipos – também podem ser crackers de arroz ou biscoitos integrais de sabor neutro)
  • Torradinhas
  • Pães (prefiro baguete, ciabatta, focaccia ou pão rústico)
  • Grissinis
  • Batatas do tipo chips

Eu não sigo essa lista à risca nem compro tudo isso para cada Happy Hour, mas acho legal ter essa “cola” pra que eu possa montar um cardápio, separar as louças e pensar onde vou colocar cada petisco antes de seguir para o mercado. Afinal, essa é a parte que mais gosto de organizar quando se trata de receber os amigos em casa!

DSC_0710

A bandeja da foto acima foi comprada pela minha irmã Flávia na CRATE & BARREL, depois foi repassada para a minha mãe e atualmente está emprestada comigo. Gosto da ideia de “decorar” tábuas ou bandejas de aperitivos combinando louças, potes, pratinhos e petisqueiras de tamanhos, formatos e até cores diferentes. Um bom exemplo disso é a foto abaixo, que guardo no meu álbum do Facebook intitulado “Inspirações para festas futuras”:

ima

Fonte da imagem: http://www.goodhousekeeping.com/recipefinder/antipasto-platter-ghk

Dessa vez fui contida e só usei peças brancas porque o caminho de mesa era estampado e eu não queria pesar o visual, mas pretendo testar algumas misturas interessantes no futuro.

DSC_0732

E por hoje é só, pessoal. Espero que a minha lista de aperitivos também seja útil pra mais alguém aí do outro lado do monitor!

Um super beijo pra todos com votos de um dia apetitoso!!!!

Bonfa-ass

Related Posts with Thumbnails